Interagindo com as políticas e dinâmicas do Sistema Sicoob, por meio de ações conjuntas e integradas com as cooperativas e do engajamento de colaboradores voluntários, o Instituto Sicoob aceitou o desafio de atuar nacionalmente em 2018 com o objetivo de conectar pessoas e convocar as novas gerações a encontrarem no cooperativismo o mundo colaborativo que desejam viver. “Este ano, a instituição se fortalece pelo reconhecimento conferido pelo Sistema Sicoob, que nos honrou com o convite para atuarmos nacionalmente e levar nosso modelo de gestão social a todo o Brasil”, expõe o Presidente do Conselho de Administração do Instituto Sicoob Filial, Geoge Hiraiwa.

De acordo com o Presidente do Instituto Sicoob matriz, Marco Aurélio Almada, a nacionalização do Instituto inicia uma nova fase que abre importantes discussões voltadas ao Desenvolvimento Sustentável das áreas em que atuam as cooperativas Sicoob. “O Instituto Sicoob tem um valor estratégico enorme para o sistema. Precisamos nos apresentar como verdadeiramente somos: Uma instituição financeira competitiva, mas que compartilha valores com a comunidade que está inserida”, explica Almada.

Fundado em 2004 com o propósito de difundir a cultura cooperativista e contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades, o Instituto Sicoob baseia-se em cinco grandes pilares de atuação – fundamentados no quinto princípio do cooperativismo: educação, formação e informação – que orientam e definem as metodologias dos programas e projetos voltados à Educação Cooperativista, Educação Financeira, Educação Ambiental, o Interesse pela Comunidade e Voluntariado. Em 2017, a instituição alcançou a marca de mais de 130 mil pessoas impactadas e 135 municípios atendidos entre os estados do Amapá, Espirito Santo, Minas Gerias, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná e Rio de Janeiro.

No eixo de Educação Cooperativista, que responde diretamente a essência da missão do Instituto Sicoob, foram mais de 61 mil pessoas sensibilizadas diretamente. Um número 43,5% maior em relação ao ano anterior. Dentro do eixo de Educação Financeira, por meio de programas, como as Palestras e o Se Liga Finanças, mais de 7 mil pessoas foram capacitadas. “O Instituto Sicoob está consolidado e preparado para responder aos desafios dos novos tempos, posicionando a marca Sicoob como uma marca que contribui para uma sociedade mais justa, inclusiva e cooperativa”, avalia Hiraiwa.


Notícias Anteriores