Maria Eduarda, ginasta da equipe de ginastica rítmica de Rondônia, participou do Campeonato Brasileiro de Ginástica Rítmica, que aconteceu na Arena Carioca 3, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro/RJ, realizado 26 a 30 de junho. O Campeonato reuniu atletas e equipes de 13 estados do Brasil, dentre este Rondônia, que se destacou através de sua única representante, a ginasta Maria Eduarda Tavares das Neves, que classificou-se entre as 10 melhores atletas do Brasil nos instrumentos “massa” e “bola” categoria adulta.
Duda, como é conhecida, estava treinando desde novembro de 2018 para esta competição. Dias antes do início da disputa, no Rio de Janeiro, a atleta ficou doente o que a deixou debilitada, comprometendo o seu desempenho. Ela afirma que era um desafio a conquista da medalha nesta edição. “O Campeonato brasileiro este ano, foi uma competição que me desafiou muito, fazendo com que eu me dedicasse ainda mais, afinal as minhas séries mudaram, estão mais complexas. Infelizmente eu tive alguns contratempos, mas continuei no foco. Permanecerei treinando com muita dedicação, minha meta será trazer o ouro em 2020 ” explica Duda.
Infelizmente Duda não subiu ao pódio, mas se orgulha em se destacar entre as melhores ginastas e representar o Estado de Rondônia e o Sicoob, instituição que patrocina a atleta há 3 anos. “2019 eu não subi ao pódio, mas me orgulho de ter feito uma boa apresentação e representar muito bem o meu Estado e a minha Cooperativa. Hoje eu sou a primeira ginasta rondoniense em competições deste porte tendo assumido a 7ª colocação. Estou entre as dez melhores do Brasil, isso sim é gratificante.” falou Maria Eduarda.
A ginasta mal chegou do Rio de Janeiro e já está de malas prontas com destino a Manaus/AM para mais uma disputa, a Copa Bianca Maia. A agenda deste ano ainda conta com participações na Copa Gorba na Bahia, jogos escolares do brasileiro, nas etapas Nacional e Estadual e competições estaduais de Rondônia.
Conquistas de Eduarda
A ginasta de apenas 16 anos é a primeira medalhista  de prata de Rondônia de um campeonato brasileiro, já foi campeã estadual nos jogos escolares 6 vezes, 2 vezes no torneio Regional de ginástica rítmica etapa Norte. Destacou-se em 2015 como a 9° melhor ginasta do nacional, quando tinha apenas 12 anos de idade, Campeã na copa Bianca Maia com 4 medalhas de ouro e uma prata.  Primeira atleta de Rondônia a receber a Estatueta de Ouro no prêmio Esporte Rondônia e 4 Estatuetas de melhor atleta de ginástica de Rondônia. E este ano destacou-se com mais 5 medalhas na Copa Rondoniense. Maria Eduarda tem um total de 78 medalhas e 5 estatuetas. “Não vou parar por aqui eu ainda tenho muito a treinar para um dia conseguir realizar meu sonho, que é representar a equipe brasileira de ginástica rítmica” finalizou Duda. 

 


Notícias Anteriores